domingo, 12 de maio de 2013

Ah, o desconhecido...

Vontade de ficar. Mais um minuto, dois, ou o ano inteiro.

É o mistério que me prende.

Há mais que cores por de trás dos sonhos e encantos que teus olhos escondem.

Isso fascina.

Mas a felicidade finda quando o dia nasce. Quando enxergo claramente a realidade.

Prédios e ruas vazias, mais reais que qualquer sentimento, me fazem livre novamente.

Agora é preciso partir.

Logo a noite chega, trazendo o desconhecido para me prender outra vez aqui.

2 comentários:

  1. Gosto muitoooo de tudo que tu escreve...

    ResponderExcluir
  2. Obrigada "Eu", fico muito feliz em ler isso. :D

    ResponderExcluir

What do you think?